Senado derruba veto de Bolsonaro e suspende prova de vida no INSS

Ainda falta aval da Câmara dos Deputados para que comprovação de vida por aposentados e pensionistas seja interrompida até o fim do ano

Senado derruba veto de Bolsonaro e suspende prova de vida no INSS
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Por LUCYENNE LANDIM | EQUIPE DE BRASÍLIA

27/09/21 - 20h47

O Senado derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que suspende a exigência da prova de vida para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A intenção é interromper o procedimento até o fim do ano para conter a propagação pelo coronavírus. Mas, para isso, ainda é necessário o aval da Câmara dos Deputados, o que pode acontecer ainda na noite desta segunda-feira (27).

A prova de vida é feita todos os anos para evitar fraudes no pagamento de benefícios, mas foi suspensa em 2020 por conta da pandemia de Covid-19. Em junho deste ano, o governo retomou o procedimento, dando margem ao bloqueio de benefícios de quem não fez a comprovação. Contrários à retomada, parlamentares aprovaram, em agosto, um projeto com a nova interrupção da prova de vida até dezembro de 2021.

A última decisão, então, foi vetada por Bolsonaro, que justificou haver outras formas de comprovar a legalidade do beneficiário.